Domingo, 13 de Março de 2011

DES (ENCONTROS)...

 

 

O dia estava quente, sufocante até. Ele estava nervoso. As horas passavam e ela não aparecia. As beatas amontoavam-se a seus pés. Tinha que controlar aquela ansiedade, não podia deixar-se levar pelo desânimo. Afinal ainda tinha esperança. Aquele telefonema não fora em vão, despertara nele emoções jamais esquecidas. A voz dela, não a esquecera, aquele sorriso estava guardado, as pausas eram sinais e a respiração tão próxima que lhe sentia o cheiro. Estava demasiado absorto nos pensamentos. Sentiu alguém a observá-lo.

 

Virou-se, a desilusão espelhou-se em seu rosto. Ainda teria que esperar. O dia mal tinha começado, mas a angústia não o abandonava. Resolveu dar tempo ao tempo. Deu uma risada. Tempo era coisa que não lhe faltava. Desde aquele dia, sim, estava tão presente. Como podia ter passado tanto tempo. Dias, meses, anos. Como ela estaria. Lembrava-se de todas as suas expressões. Mas a sua preferida, era quando a sentia nervosa, adivinhava todos os seus gestos, e sabia como a tranquilizar. Ela olhava nos olhos dele e ambos se perdiam no tempo. Ela, sim fazia-lhe muita falta.

 

Tinha estado adormecido, acordou e o sentimento estava ali, preso, no mesmo sítio, tão forte como antes. No entanto tinha medo. Não queria voltar a adormecer, mas também não queria apenas sonhar. Queria-a tanto. O telefonema voltava-lhe à memória. Pensava nele e conseguia lembrar-se de cada palavra. A maneira como ela lhe tinha falado. Tão serena, tão carinhosa, mas também tão cautelosa. Teria medo. Talvez pensasse o mesmo que ele. Talvez sentisse o mesmo que ele. Talvez...talvez...não, não...queria fazer suposições. Queria certezas. Então decidiu esperar...iria esperar ...SIM ERA ISSO MESMO, TINHA QUE ESPERAR....

 


"TCHARAMM"

Como achas que vai acabar essa história?

 

 

 

 


1. Ela vai aparecer e vão ser felizes para sempre.

2. Ele está apenas a ver um filme de amor e a comer pipocas.

3. Ele esperou, esperou, e ela jamais voltou. 

4. Ela teve um acidente, bateu com a cabeça e perdeu a memória.

 

5. Ele acordou, olhou para ela, beijou-a, voltou a adormecer sorrindo. 

 

 

  

OK, tens outro final... INSPIRA-TE... 

 

 

 

 


publicado por nuvemdoce às 01:03
link do post | favorito
De Kok a 15 de Março de 2011 às 16:20
Tenho mesmo que optar por outro final? Depois dos 5 que indicas o que posso acrescentar?
Puxar pela cabeça e espremer as células (já pouco) cinzentas? Então cá vai:
1-ela chegou com um sorriso tímido nos lábios mas recusou-se a beijá-lo; o cheiro a tabaco era demasiado forte para ela! Virou-lhe as costas e foi-se.
2-simpatizaram ao primeiro olhar; vinha acompanhada pelo pai e pelo irmão mais velho, ambos desconfiados e dispostos a "afagarem-lhe" o pêlo ao mínimo gesto de intimidade.
3-sentaram-se numa das pedras da muralha frente ao mar e passaram a tarde partilhando charros enquanto esvaziavam uma grade de "mines"!
(Nem de propósito: já era capaz de bebeu uma...)

Pronto! São as alternativas que me lembrei. Só me resta desejar felicidades e que sejam muito felizes!

Beijokassss (e sorrisos)


De nuvemdoce a 16 de Março de 2011 às 16:11
Olá Kok,

És um romântico, fiquei impressionada, aliás até me vieram as lágrimas aos olhos, bom...concordo que a cebola ajudou, mas só porque são daquelas estrangeiras, duras como o caneco, não é fácil escortejar elas, é preciso muita persistência e boa vontade para as tranformar em picadinho.

Mas adorei a última cena da muralha, frente ao mar. Sabes, imaginei logo um por do sol fantástico, um céu azul, um areal enorme, a espuma das ondas a rebentar nas rochas, o assobio das gaivotas, uma grade de cervejas ao lado, umas murtalhas a serem enroladas, fumos, muito fumos..e ...um final perfeito para uma linda história de amor (pedrados e felizes).

Esqueceste foi de dizer o que aconteceu a seguir, pois aquela onda gigante, o teu pé ficou preso na rocha, a tua vista ficou turva, os teus movimentos lentos, ainda aguentaste muito tempo, devido á tua boa resistência, foste nadador salvador, mas...infelizmente, não, não conseguiste salvá-la, nunca mais a viste, mergulhou nas profundezas e desapareceu para sempre. O teu remorso persegue-te até hoje. Ficaste destroçado.

Desde aí, os dias foram todos iguais, apenas te restavam as mines, eram a tua companhia, de dia e de noite, até ao dia em que numa delas encontraste uma mensagem, um papelinho enroladinho, ficaste nervoso, bebeste rápidamente o seu conteúdo e desenrolaste a tremer...a mensagem..a mensagem...era...DELA...e...o que dizia, dizia que....

...BOLAS ...não consigo ler, passa aí os óculos e já agora uma mine..., isto promete!!...

Beijokas


De Kok a 16 de Março de 2011 às 18:12
E eu sabia lá disso de ter que dar um final ao final?
Mas prontes sendo assim "bou-me" debruçar sobre a coisa mas aviso já: nada de lamechices!

"I"
-Olá, muito prazer; sou o ...
-Olá! Mas que coisa horrível. Cheira tanto a tabaco...
-Porque esperei tanto tempo por ti que fumei quase dois maços...
-Ai kórror...
-...
-Desculpe mas não faz o meu género. Deus me livre...
-Deixa lá que tu também...!
-...
-Adeusinho e não te esqueças dos implantes mamários, que assim mais pareces o teu pai, eheheheh!!!!

"II"
-Olá! Tu é que és o ...
-Sim, sou eu. E tu és a ...
-É verdade, sou. ihihih! Este é o meu pai (é polícia reformado) e este é o meu irmão que é GOE, aquela polícia...
-Eu sei, eu sei...
-Então tu é que andas a mandar mails à minha irmã? e a convidá-la para dar umas voltas?
-Bem... eu...
-Oh Adérito, deixa lá o gajo se explicar antes de fazeres qq coisa.
-Mas eu... a... quero dizer... a...
-Mas tu o quê? O que é que queres da minha irmã? Ahn? Ahn?
-Nada, eu só...
-Só? Vai-te mas é embora antes que te amarrote a fronha, f#*+#pª»##""
-Òh adérito...
-Tu cala-te senão ainde te toca a ti; não é por seres minha irmã que se safas. Óviste!!!

"III"
Noite dentro e sem mais mines, arrancaram!
-Tens guito?, pergunta ela.
-Nada. Depois de comprar as mines e a erva fiquei teso!
-Ficaste? E eu que estou mesmo a querer dar uma...
-Não é isso, pá! fiquei sem cheta.
-Ah, pensei...
-Temos é que sacar qq coisa. Os teus pais abonam-te?
-Tás parvo ou és mesmo assim?
-Era só uma ideia...

Já estou zonzo e não me posso debruçar mais.
Beijokassss (e sorrisos)

§-boububerumamine!


De nuvemdoce a 17 de Março de 2011 às 09:36
- Tou Xim é da casa do Sr. Kok...
- Desculpe, mas enganou-se no número. Diz ele arreliado.
- Mas...deram-me este, precisava mesmo de falar com o Sr. Kok. É urgente.
- Minha senhora, já lhe disse que se enganou no número. Começava a suar.
- Ohhhh...que pena, tinha um encontro com ele e apenas lhe queria dizer que estou atrasada. Suspirou.
- Pois, lamento, mas aqui não existe nenhum Kok, realmente está enganada!!...passar bem...


...Espera aí, este nome KoK , não me é estranho, parece-me familiar, mas não me consigo lembrar, bom...é melhor buber mais uma mine.


...Kok és o maior...Beijokas


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 12 seguidores

.pesquisar

 

.Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Quantas vezes

Já me perguntaram

Quantas vezes

Já me indagaram

Quem é você…

Como você é…

De onde vem

Pra onde vai…

Quantas perguntas

Quantos julgamentos

Quantos enganos

Quantos…

Tudo é tão simples

Sou assim…

Nasci e cresci

Num lar com muito amor

Com muito calor…

Sou amor, sou paixão…

Sou amiga, sou mulher…

Sou esposa, sou mãe.

Sou carinho, sou ternura…

Sou encanto, sou magia…

Sou o que sempre fui

Seja aqui seja lá

Seja onde for…

Você saberá onde me achar

Você saberá

Quando eu chegar.

Será emoção

Será ternura

Será magia

Será encanto.

Quem sabe…

Um dia você…

Descubra quem sou…

De onde vim

Pra onde vou…

Entre linhas

Entre versos

Entre um antes

Entre um depois…

.posts recentes

. PESSOAS - LIVROS

. O CALADO FICOU A VER ESTR...

. É SÓ UMA SEMANINHA...

. ANALISANDO... a coisa mai...

. AI...QUEMEDOITUDO...

. MALVADAS CRIATURAS

. RUBRICA # 0.2

. ESTÁ CALOR, ESTÁ TÁ...

. LOURENZO ACODE-ME...

. RUBRICA# 0.1

.posts recentes

. PESSOAS - LIVROS

. O CALADO FICOU A VER ESTR...

. É SÓ UMA SEMANINHA...

. ANALISANDO... a coisa mai...

. AI...QUEMEDOITUDO...

. MALVADAS CRIATURAS

. RUBRICA # 0.2

. ESTÁ CALOR, ESTÁ TÁ...

. LOURENZO ACODE-ME...

. RUBRICA# 0.1

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Gostei muito do seu blog obrigado
Muito proveitoso, adoramos!obrigado por compartilh...
Parabéns pelo post, equipe brigadeiro porto alegre...
excelente post!

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub