Domingo, 20 de Março de 2011

TIC...TAC...

 

 Acordaram as borboletas...voa..voa...

 

 

O mundo lá fora espera por mim. Até já. Saí para respirar o Sol da Primavera.

 

 


publicado por nuvemdoce às 14:46
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sábado, 27 de Fevereiro de 2010

O PODER DO SOL...

Pela manhã aspiro a um bom dia luminoso, qualquer que seja a estação do ano. Mais um dia em que teço gestos com vontade de abraçar tudo o que é meu, tudo o que levo num sentir ilimitado. E os meus olhos clamam por mais, pelos dias certos de ternura, em que me entrego em demasia a sentimentos escarlates, nesse perfume cor de rubi que me acalma a pele. O sol entranha-se no corpo e delicia os meus últimos instantes no aconchego dos lençóis. Uma determinação de ficar assim, durante mais uns momentos de conforto é vencida pelo azul do céu que me convida a refrescar a alma. Levanto-me, com uma energia quase eléctrica, ouço os ritmos suaves da bossa-nova alternados com a sensualidade do tango. São melodias quentes que de mim soltam passos eufóricos de dança enquanto espero que a água da chaleira ferva. Não me sento para esse ritual quase diário que é o pequeno-almoço. Pelo contrário, continuo a balançar, entre o pão torrado e o aroma do café. De pés descalços, em pleno mês de Fevereiro, rodopio num mosaico gélido que não sinto, entrego-me à melodia. Todos os dias deveriam ser assim, de alegria contagiante, sem pressas, sem horários pré-definidos, sem autocarros que quase se perdem e apenas não se perdem porque corremos para lá chegar, sem banhos rápidos, sem meia chávena de chá que ficou na mesa da cozinha a arrefecer, sem aquela sensação quase sempre certa de que falta alguma coisa na mala, sem a frivolidade de cruzarmo-nos com as pessoas na rua sem tempo para esboçar um sorriso e dar um alegre bom dia. Aprendi a valorizar o sol que me acompanha enquanto caminho, que me deixa observar o mundo em meu redor, a gente que aqui co-habita, o trânsito que sigo à distância, os passos que seguem com pressa, os cheiros citadinos. Hoje, por isso, vou a pé para a universidade, porque desta forma os meus olhos se preenchem de sentido logo pela manhã. Haja sol todos os dias.

tags:

publicado por nuvemdoce às 23:51
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 12 seguidores

.pesquisar

 

.Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Quantas vezes

Já me perguntaram

Quantas vezes

Já me indagaram

Quem é você…

Como você é…

De onde vem

Pra onde vai…

Quantas perguntas

Quantos julgamentos

Quantos enganos

Quantos…

Tudo é tão simples

Sou assim…

Nasci e cresci

Num lar com muito amor

Com muito calor…

Sou amor, sou paixão…

Sou amiga, sou mulher…

Sou esposa, sou mãe.

Sou carinho, sou ternura…

Sou encanto, sou magia…

Sou o que sempre fui

Seja aqui seja lá

Seja onde for…

Você saberá onde me achar

Você saberá

Quando eu chegar.

Será emoção

Será ternura

Será magia

Será encanto.

Quem sabe…

Um dia você…

Descubra quem sou…

De onde vim

Pra onde vou…

Entre linhas

Entre versos

Entre um antes

Entre um depois…

.posts recentes

. TIC...TAC...

. O PODER DO SOL...

.posts recentes

. TIC...TAC...

. O PODER DO SOL...

.Quem está aí?

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Muito proveitoso, adoramos!obrigado por compartilh...
Parabéns pelo post, equipe brigadeiro porto alegre...
excelente post!
Sempre coerente Teté. Bjs

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds