Terça-feira, 15 de Junho de 2010

PENSAMENTO...

 

Os Casais apaixonados, ou não, tendem a esquecer os seus nomes próprios e passam a utilizar apenas um igual para os dois: "Amor". Utilizam esse termo em todos os momentos, sejam eles de alegria ou de tensão, ao ponto dos seus nomes próprios soarem mal quando surgem situações em que não se justifica, sequer é apropriado esse tratamento. Chega a ser rídiculo, numa discussão esquecerem o significado da tão poderosa palavra, usando-a banalmente, como se fizesse parte do quotidiano, tornando-a insignificante de tão habitual. Não seria tão mais bonito e reconfortante ela simplesmente ser utilizada quando sentida realmente, quando o coração assim o entender e desejar, quando por vontade própria e nos momentos certos ela mostrar a sua força. Aposto que, a sua intensidade seria maior, mais verdadeira, provocaria um efeito hilariante, pois é uma palavra linda e com um significado tão puro para ser tratada com tanta indiferença ou até como hábito. Se temos necessidade de arranjar nomes para mostrar o nosso amor que tal "querida" ou "querido" seguido do nosso nome ou antes, não importa enquadra-se bem em todas as situações e é tão envolvente e carinhoso que nos faz sentir amados e importantes para alguém em qualquer altura.

 

 

tags:

publicado por nuvemdoce às 17:29
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Cedrin a 16 de Junho de 2010 às 14:31
engraçado ler isto e pensar que sim, a maioria apaixonada trata o par com docinho, môr, quidinha, morzinho, fofinha, etc. e tal.

Por acaso devo ter vindo de um planeta diferente, enquanto apaixonado ou tratava pelo 1º nome ou usava diminuitivo para o mesmo ou acrescentava o sufixo inha.

Bem observado ó Nuvem Doce

bjs


De nuvemdoce a 16 de Junho de 2010 às 20:09
Desde que nas alturas certas o tratamento fosse VIP.., acho que o teu planeta é fixe!!..

Bjs


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Quantas vezes

Já me perguntaram

Quantas vezes

Já me indagaram

Quem é você…

Como você é…

De onde vem

Pra onde vai…

Quantas perguntas

Quantos julgamentos

Quantos enganos

Quantos…

Tudo é tão simples

Sou assim…

Nasci e cresci

Num lar com muito amor

Com muito calor…

Sou amor, sou paixão…

Sou amiga, sou mulher…

Sou esposa, sou mãe.

Sou carinho, sou ternura…

Sou encanto, sou magia…

Sou o que sempre fui

Seja aqui seja lá

Seja onde for…

Você saberá onde me achar

Você saberá

Quando eu chegar.

Será emoção

Será ternura

Será magia

Será encanto.

Quem sabe…

Um dia você…

Descubra quem sou…

De onde vim

Pra onde vou…

Entre linhas

Entre versos

Entre um antes

Entre um depois…

.arquivos

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Fevereiro 2010

.posts recentes

. PESSOAS - LIVROS

. O CALADO FICOU A VER ESTR...

. É SÓ UMA SEMANINHA...

. ANALISANDO... a coisa mai...

. AI...QUEMEDOITUDO...

. MALVADAS CRIATURAS

. RUBRICA # 0.2

. ESTÁ CALOR, ESTÁ TÁ...

. LOURENZO ACODE-ME...

. RUBRICA# 0.1

.Quem está aí?

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Muito proveitoso, adoramos!obrigado por compartilh...
Parabéns pelo post, equipe brigadeiro porto alegre...
excelente post!
Sempre coerente Teté. Bjs

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds