Terça-feira, 20 de Agosto de 2013

RUBRICA # 0.2

 

 

 

Porque controlamos tanto os nossos impulsos?

 

 

 

 

Vinha no comboio e ouvi sem querer, uma conversa através de telémovel, em que ele dizia para alguém do outro lado:

 

"O que achas de eu ligar à criatura,  e tipo dizer: oi já estou em Lisboa, queres ir beber um café? , se quiser muito bem, senão na boa".

 

do outro lado, como é óbvio não ouvi a resposta, mas vi a cara dele, e ...das três uma:

 

 

 

A) Nem penses em fazer uma coisa dessas, se houver interesse da parte da criatura, ela liga.

B) Sim, porque não, mas vê lá, vai com calma, não te precipites, não dês muita bandeira, não te mostres muito interessado.

C) Faz aquilo que te apetecer, afinal não perdes nada.

 

 

 

 o certo é que fiquei na dúvida, eu sei o que responderia, mas parece que agora as coisas não funcionam assim, será que já ninguém cede aos seus impulsos?

 

 

 

 


 


publicado por nuvemdoce às 16:55
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Teté a 21 de Agosto de 2013 às 21:24
Bom, eu apontava para a última, porque afinal ir beber um café não faz mal a ninguém, e sempre via do interesse da outra pessoa...

Beijocas!


De nuvemdoce a 22 de Agosto de 2013 às 13:19
Tété,
eu tive mesmo que me conter melher, para não gritar ao rapaz, para ligar sim, e convidar sim, e seguir o seu impulso, e blá..blá...blá..., hoje em dia o people não faz nada sem ouvir a voz da razão, já ninguém segue os impulsos do coração, que noia.


acreditas que, ainda procurei na mala por um papel e uma caneta, para lhe colocar na frente...mas,

bolas, só tinha o lápis dos olhos, e sem bico...


De Rafeiro Perfumado a 8 de Setembro de 2013 às 17:10
Pelos vistos sou dos poucos que não vê segundos sentidos num café, mas parece que há um qualquer código por detrás do convite... Beijoca!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Quantas vezes

Já me perguntaram

Quantas vezes

Já me indagaram

Quem é você…

Como você é…

De onde vem

Pra onde vai…

Quantas perguntas

Quantos julgamentos

Quantos enganos

Quantos…

Tudo é tão simples

Sou assim…

Nasci e cresci

Num lar com muito amor

Com muito calor…

Sou amor, sou paixão…

Sou amiga, sou mulher…

Sou esposa, sou mãe.

Sou carinho, sou ternura…

Sou encanto, sou magia…

Sou o que sempre fui

Seja aqui seja lá

Seja onde for…

Você saberá onde me achar

Você saberá

Quando eu chegar.

Será emoção

Será ternura

Será magia

Será encanto.

Quem sabe…

Um dia você…

Descubra quem sou…

De onde vim

Pra onde vou…

Entre linhas

Entre versos

Entre um antes

Entre um depois…

.arquivos

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Fevereiro 2010

.posts recentes

. PESSOAS - LIVROS

. O CALADO FICOU A VER ESTR...

. É SÓ UMA SEMANINHA...

. ANALISANDO... a coisa mai...

. AI...QUEMEDOITUDO...

. MALVADAS CRIATURAS

. RUBRICA # 0.2

. ESTÁ CALOR, ESTÁ TÁ...

. LOURENZO ACODE-ME...

. RUBRICA# 0.1

.Quem está aí?

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Muito proveitoso, adoramos!obrigado por compartilh...
Parabéns pelo post, equipe brigadeiro porto alegre...
excelente post!
Sempre coerente Teté. Bjs

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds