Domingo, 6 de Março de 2011

Como viver com adolescentes?

 

 O Livro que todos os PAIS deviam LER...

 

 

Esta é talvez a pergunta que se impõe aos pais que têm de conviver com esta nova etapa da vida dos seus filhos. Mas, além desta, há um rol interminável de outras tantas: Como lidar com constantes mudanças de humor, com a indisciplina, a sexualidade, as primeiras saídas à noite, ou o insucesso escolar? De facto, e na maioria das vezes, enfrentar todas estas e outras situações, parece uma missão quase impossível. Contudo, e justamente por ser uma tarefa difícil, devemos ser pais e educadores, agir com bom senso e compreensão, pois sabemos que é a nós que eles acabam por recorrer sempre que se sentem perdidos. Por outro lado, os adolescentes também se confrontam com um sem número de transformações, quer a nível físico (o aparecimento das primeiras borbulhas, o acne ou as oscilações de peso) quer psíquico (os namoros, o grupo de amigos, o desejo de autonomia), às quais muitas vezes não sabem dar resposta, sequer entender. Que podemos então fazer para ajudar os filhos adolescentes a superar com êxito esta longa e turbulenta fase, marcada pela irreverência e conflitualidade, mas também pelas dúvidas e decepções?

 

 

Helena Fonseca, profunda conhecedora do universo infantil e juvenil, responde-nos a estas e outras questões, apoiando-se em relatos de pais e jovens, que diariamente recorrem a ela. Nessa perspectiva, "Viver com Adolescentes" será certamente uma preciosa ajuda para todos os pais que, tal como os seus próprios filhos, se sentem tantas vezes desorientados no universo tempestuoso que é a adolescência. 

 

Dez regras de Ouro para Pais de Adolescentes

 

1. Escute o seu filho. Esteja sempre disponível para o diálogo.


2. Seja afectuoso. Não se iniba de lhe demonstrar afecto, desde que não o embarace demasiado junto dos amigos.


3. Envolva-se na vida do seu filho e acompanhe os seus estudos. O seu envolvimento é tanto ou mais importante do que na infância. Não há qualquer razão para que não participe activamente na vida do seu filho adolescente.


4. Procure conhecer os amigos do seu filho. Só assim poderá compreender melhor os seus comportamentos.

5. Eduque com firmeza. Defina limites e estabeleça regras claras e adequadas.


6. Evite controlar e gerir demasiado. A autonomia é essencial para que o adolescente cresça bem. Dê espaço para que aprenda a ter confiança em si mesmo e a decidir sem lhe pedir opinião por tudo e por nada.


7. Oriente o seu filho nas decisões mais difíceis. Ele ainda não está suficientemente preparado para planear, estabelecer prioridades, organizar o pensamento, gerir os impulsos e ponderar todas as consequências dos seus actos.


8. Cultive expectativas positivas em relação ao seu filho. Mas seja realista: não tenha expectativas nem demasiado elevadas, nem demasiado baixas.


9. Ajude o seu filho a ser um cidadão consciente e responsável. Desenvolva nele o respeito por todas as pessoas, independentemente da sua raça, estatuto ou religião.


10. Ame incondicionalmente o seu filho, sobretudo quando ele comete erros.

 

 


publicado por nuvemdoce às 01:19
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Marta M a 6 de Março de 2011 às 18:38
De clic em clic,vim aqui parar e atrevo-me a entrar sem ser convidada, porque o assuntomexe comigo... ;)
Bons conselhos, todos eles.
Mas mesmo assim, seguindo o menu escrupulosamente, nem sempre resulta e, sim, tem razão, é uma fase quase impossível e que põe à prova o tamanho da nossa paciencia e do nosso amor por eles.
Felizmente estou quase a terminar a minha via sacra por ela :)
Bom Carnaval
Marta M


De nuvemdoce a 6 de Março de 2011 às 19:21
Gostei que o teu "clic" te trouxesse até aqui, Bem Vinda Marta!!...

Também achei o mesmo, um a um fui lendo e acabei percebendo que fazem todo o sentido, nada demais, nada complicado, quando o Amor é a base dessas regras. Agora...na prática, alguns fogem um pouco do nosso percurso, do nosso alcance, depende de muitos factores, nesta fase cada adolescente reaje de forma diferente, as reacções, os comportamentos, as atitudes, giram de acordo com personalidades, valores, objecticvos, não podemos dar nada como certo, como taxativo, é um novelo que vamos desenrolando, fio a fio, cautelosamente para que nunca se perca a ponta.

Que bom para si, é de facto uma fase que exige muito dos pais, principalmente, na atenção, preocupação, protecção e acompanhamento, mas acima de tudo Amor e compreensão.

Bom Carnaval!!
Renata


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Quantas vezes

Já me perguntaram

Quantas vezes

Já me indagaram

Quem é você…

Como você é…

De onde vem

Pra onde vai…

Quantas perguntas

Quantos julgamentos

Quantos enganos

Quantos…

Tudo é tão simples

Sou assim…

Nasci e cresci

Num lar com muito amor

Com muito calor…

Sou amor, sou paixão…

Sou amiga, sou mulher…

Sou esposa, sou mãe.

Sou carinho, sou ternura…

Sou encanto, sou magia…

Sou o que sempre fui

Seja aqui seja lá

Seja onde for…

Você saberá onde me achar

Você saberá

Quando eu chegar.

Será emoção

Será ternura

Será magia

Será encanto.

Quem sabe…

Um dia você…

Descubra quem sou…

De onde vim

Pra onde vou…

Entre linhas

Entre versos

Entre um antes

Entre um depois…

.arquivos

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Fevereiro 2010

.posts recentes

. PESSOAS - LIVROS

. O CALADO FICOU A VER ESTR...

. É SÓ UMA SEMANINHA...

. ANALISANDO... a coisa mai...

. AI...QUEMEDOITUDO...

. MALVADAS CRIATURAS

. RUBRICA # 0.2

. ESTÁ CALOR, ESTÁ TÁ...

. LOURENZO ACODE-ME...

. RUBRICA# 0.1

.Quem está aí?

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Muito proveitoso, adoramos!obrigado por compartilh...
Parabéns pelo post, equipe brigadeiro porto alegre...
excelente post!
Sempre coerente Teté. Bjs

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds